Espetáculos Interativos

Jogos para dançar
 

Um dos trabalhos mais fortes da Cia Mover nos três primeiros anos de existência (2010-2012), foi a realização de jam sessions de dança voltados para quem ainda não tinha contato com a dança contemporânea. O contato da diretora da Cia Mover (Peticia Carvalho) com a ideia de Jogos Teatrais (de Viola Spolin, Augusto Boal etc) durante a universidade de Artes Cênicas que cursou na UNESP a instigou a pesquisar e criar diversos Jogos Corporais. Estes Jogos Corporais tem como objetivo vivenciar o prazer gerado pelo movimento e a potência do corpo de criar. Para se manter em constante processo de criação e para fazer com que as jam sessions não se repetissem, a Cia Mover encontrou na literatura (poesia, conto, fábula, crônica etc), na arquitetura, na música e nas imagens (artes visuais), dispositivos de criação para novos jogos.

Ficha Técnica:

Jogadores: Dayana Crisostomo, Evelin Danzi, Kessia Midory, Peticia Carvalho e Rogério Marcondes

Direção Musical: André Moraes

Fotografia: Marcelly Boccia

Confira alguns jogos criados pela Cia Mover:

 

Como um vento na floresta (Fernando Pessoa)

Como um vento na floresta.

Minha emoção não tem fim.

Nada sou, nada me resta.

Não sei quem sou para mim.

E como entre os arvoredos

Há grandes sons de folhagem,

Também agito segredos

No fundo da minha imagem.

E o grande ruído do vento

Que as folhas cobrem de som

Despe-me do pensamento:

Sou ninguém, temo ser bom.

JOGO: Em dupla, uma pessoa fecha os olhos, a outra assopra diversas partes do seu corpo. A pessoa de olhos fechados se movimenta a partir da sensação do assoprar. Como se ela fosse uma folha de árvore solta no vento.

 

Canção de Vidro (Mário Quintana)

E nada vibrou...

Não se ouviu nada...

Nada...

 

Mas o cristal nunca mais deu o mesmo som.

 

Cala, amigo...

Cuidado, amiga...

Uma palavra só

Pode tudo perder para sempre...

 

E é tão puro o silêncio agora!

 

JOGO: Dançar no silêncio. Uma pessoa começa a dançar, quando a música começa a tocar, ele paralisa. Ao parar a música ele volta a dançar.

 

Toque (Ulisses Tavares)

Alguma coisa estranha acontece

quando se toca em gente.

experimente.

JOGO: Caminhar até encontrar alguém. Encostar uma parte do corpo no corpo do outro. Deixar que a sensação do toque guie o jogo.

 

Confira como se dá a dinâmica dos jogos:

"Jogos para Dançar" - A Literatura no Corpo

© 2017 by Marcelly Boccia.
Proudly created with
Wix.com